O que é abuso emocional infantil e como ele afeta as crianças?

Esse texto vai doer em muitos de vocês, eu sinto muito por isso. Não é fácil reconhecer que algumas de nossas atitudes e falas com nossos filhos pode provocar tanta dor neles. No entanto, tente conectar com a criança que você foi e imaginar como foi difícil para você ser tratado assim tantas vezes. Seus pais não tinham muita ideia do que estavam provocando, não teriam como ter feito de outra forma. Mas para você não deve ter sido fácil.

Que frases dessas você costumava ouvir na infância? Você costumava ser tratado desta forma? Seus pais descarregavam a raiva deles em você? Gritavam com você? Te xingavam? Te humilhavam? Ameaçavam ir embora? Te menosprezavam? Te ignoravam? Te responsabilizavam pelas dores deles?

Quando escutamos constantemente que somos pessoas horríveis, que fazemos tudo errado e somos a causa dos problemas e dores dos adultos que nos cercam, passamos a acreditar nisso.

A criança precisa se sentir amada, essa é uma das necessidades básicas dela. Ela busca, o tempo todo, ser aprovada por seus pais. Quando os pais retiram o afeto da criança para controlar ou corrigir seu comportamento, ela tenta se adequar à expectativa deles para garantir ser aceita e amada. Ela vai abrindo mão de ser ela mesma para evitar ser rejeitada.

É mais fácil ela deixar de se amar, ao comprar a ideia de que é defeituosa, do que deixar de amar os pais ou abrir mão de tentar agradá-los. Ela começa a achar que merece ser castigada, afinal era isso que acontecia: sempre que ela “falhava”, perdia o afeto, a presença ou era castigada, xingada, humilhada, ignorada etc. Isso se chama abuso emocional.

Quando a criança é sistematicamente maltratada, ela mesma desenvolve um discurso interno maltratador. Quando erra, se xinga internamente e acredita que merece castigo.

Se você se trata mal internamente quando pisa na bola, como você trata seus filhos? É muito fácil repetir o abuso emocional de tão naturalizado que ele se torna.

Entendem como os padrões disfuncionais se transferem de geração em geração?

Você percebe se faz isso com você mesmo ou com seus filhos? Conta pra mim! 👇👇👇

✍️ Maíra Soares (@cantomaternar) Mentora de Mães, Educadora Parental em Criação Consciente

 

🌸🌸🌸

👉 Ficou interessado em conhecer mais sobre a Criação Consciente? Este é o link para você se inscrever na minha newsletter e receber conteúdos exclusivos sobre o assunto.

👉 Participe do meu Canal Gratuito no Telegram para receber um resumo das minhas publicações e também áudios exclusivos com reflexões que faço sobre posts, comentários e mensagens que recebo e cursos que estou fazendo. Clique aqui para entrar no meu Canal Gratuito do Telegram.

🌸🌸🌸

Seu filho está passando por uma fase difícil e você não sabe como oferecer apoio? Ele está apresentando algum comportamento desafiador e você não entende porque ou não sabe como lidar? Está se sentido mal por estar sem paciência e não conseguir manter a calma?

Eu ofereço atendimento individual como Consultora em Criação e Comunicação Consciente e posso te ajudar a construir uma relação mais empática e acolhedora com seu filho, sem que isto se torne um peso para você. Quer saber mais sobre meu atendimento? Clique aqui para entrar em contato com a minha assistente.

 

Cadastre-se para receber conteúdo gratuito e atualizado do Canto Maternar.

A inscrição é gratuita!