Como acompanhar a “birra” de nossos filhos?

Seu filho está tendo um ataque de choro? Está se jogando no chão inconsolável, sem conseguir se controlar?

Respire! Mantenha a calma. Coloque-se a seu lado e tente não julgá-lo. Ele não está se comportando mal, ele está passando mal e precisa de você.

Ouça seu coração, veja como ele está se sentindo fora de si. Não dê atenção ao que sua mente diz, conecte-se com seu filho. Ele não quer que você o toque? Aguarde, mostre que você continua ali, disponível. Ele está sendo agressivo com você ou consigo mesmo? Não permita, contenha seu gesto, mas não revide, seja o exemplo de como lidar com momentos em que perdemos a calma. Seja coerente.

Não se assuste, ele ainda não sabe lidar com os sentimentos, não quer dizer que ele é má pessoa ou está indo pro caminho errado.

O choro pode ser necessário para ele liberar tensões emocionais acumuladas. Não tem a ver com a banana quebrada, mas com outros desafios que ele pode estar vivendo e que, para um bebê ou criança, são relevantes. Esteja sensível, seja empático, tente sentir o que acontece com seu filho sem se deixar levar por suas crenças ou julgamentos. Esteja presente, com calma, demonstre compreensão, amor. Aguarde. Uma hora ele vai se acalmar e perceber que você ainda está lá, disponível, com todo seu amor.

Não teria sido lindo se tivessem te acolhido assim na infância?

Aprender a acompanhar o choro do seu filho com aceitação, calma, amorosidade e presença pode ser muito curativo para você. Quando maternamos nossos filhos com total presença, curamos feridas de nossa criança interior. É assim que vamos rompendo padrões educativos baseados na dor e no medo. É assim que vamos reconectando com o amor incondicional.

Texto: Maíra Soares, Consultora em Criação Consciente e Educadora Parental

🌸🌸🌸

Seu filho está passando por uma fase difícil e você não sabe como oferecer apoio? Ele está apresentando algum comportamento desafiador e você não entende porque ou não sabe como lidar? Está se sentido mal por estar sem paciência e não conseguir manter a calma?

Eu ofereço atendimento individual como Consultora em Criação Consciente e posso te ajudar a construir uma relação mais empática e acolhedora com seu filho, sem que isto se torne um peso para você. Quer saber mais sobre meu atendimento? Clique aqui para entrar em contato com a Bela, minha assistente.

🌸🌸🌸

Espero que este artigo tenha te ajudado.

Se você curtiu, deixe um comentário ou compartilhe este texto nas redes sociais. Dessa forma você me ajuda a difundir meu trabalho. 🤗

🌸🌸🌸

Cadastre-se para receber conteúdo gratuito e atualizado do Canto Maternar.

A inscrição é gratuita!